top of page
Brown Cream Scrapbook Reading Through Time Presentation (6).png
  • Foto do escritorLuiz Andriguetto

Destaque Literário: Mês das mães!


mulher deitada grávida com livro na mão
Imagem: Pexels

Em diferentes partes do mundo, o Dia das Mães é comemorado em diversos dias do ano, mas ocorre no segundo domingo de maio em muitos países, incluindo Brasil, Estados Unidos, Canadá, Austrália e grande parte da Europa. A data tem suas raízes em práticas antigas de culto à maternidade e à figura materna.


No entanto, a versão moderna dessa celebração, como é conhecida hoje em muitos países, teve origem no início do século XX, nos Estados Unidos. A ativista social Anna Jarvis é frequentemente creditada como a pessoa que impulsionou a criação moderna. Após a morte de sua mãe, Anna Jarvis trabalhou para estabelecer um dia dedicado a homenagear todas as mães e reconhecer sua importância na sociedade.


Em 1908, ela organizou uma cerimônia memorial em homenagem à sua mãe, que faleceu em 1905, e começou a promover a ideia de um dia nacional para celebrar as mães. Seu esforço ganhou popularidade rapidamente e, em 1914, o presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, oficializou o segundo domingo de maio como o Dia das Mães.


Embora a intenção original fosse honrar e mostrar apreço às mães individualmente, ao longo dos anos, a data também se tornou uma oportunidade para reconhecer o papel das mulheres na sociedade, seu amor incondicional, sacrifício e dedicação ao bem-estar de suas famílias.


A biblioterapia envolve o uso terapêutico da leitura de livros para promover o bem-estar emocional, a compreensão de si mesmo e o crescimento pessoal. Para as mulheres, especialmente as mães, a biblioterapia pode oferecer uma maneira de explorar suas próprias experiências, desafios e emoções por meio das histórias compartilhadas em livros. Ao se identificar com personagens que enfrentam desafios semelhantes ou ao encontrar insights e orientações em obras relacionadas ao empoderamento feminino, as mulheres podem fortalecer sua autoconfiança e autoestima.


O letramento literário refere-se ao desenvolvimento das habilidades de leitura e compreensão de textos literários. Ao explorar obras literárias que destacam personagens femininas fortes, temas de empoderamento e lutas pela igualdade de gênero, as mulheres podem expandir sua visão de mundo, fortalecer sua identidade e encontrar inspiração para perseguir seus próprios objetivos e sonhos.


Ao unir a biblioterapia e o letramento literário, as mulheres podem criar uma jornada de autodescoberta, crescimento pessoal e fortalecimento emocional. Ao ler histórias de mulheres que superaram desafios, encontraram sua voz e assumiram seu poder, as mulheres podem se inspirar a fazer o mesmo em suas próprias vidas. No Dia das Mães e em todos os dias, é importante reconhecer e celebrar o potencial ilimitado das mulheres para criar mudanças positivas em suas vidas e na sociedade como um todo.


Às mães, quero oferecer não apenas palavras de gratidão, mas também ferramentas para fortalecer sua saúde mental, promover seu empoderamento e elevar sua autoestima. Sei que o caminho da maternidade pode ser árduo, repleto de altos e baixos, e é por isso que desejo compartilhar algumas recomendações de livros que podem iluminar esse trajeto:


  1. "O Poder do Agora" - Eckhart Tolle



Neste livro transformador, Eckhart Tolle nos lembra da importância de viver plenamente o presente, libertando-nos das amarras do passado e da ansiedade em relação ao futuro. Para as mães, que muitas vezes se veem sobrecarregadas pelas demandas do dia a dia, esta obra pode oferecer um lembrete valioso sobre a importância de encontrar paz interior no momento presente.


  1. "Sejamos Todos Feministas" - Chimamanda Ngozi Adichie



Esta obra inspiradora de Chimamanda Ngozi Adichie nos convida a refletir sobre o significado do feminismo e seu impacto em nossas vidas. Para as mães, que enfrentam desafios únicos e muitas vezes são confrontadas com expectativas sociais restritivas, este livro pode ser uma fonte de fortalecimento e empoderamento, incentivando-as a reivindicar seu lugar no mundo com orgulho e determinação.


  1. "A Coragem de Ser Imperfeito" - Brené Brown



Em sua obra aclamada, Brené Brown explora o poder da vulnerabilidade e da autenticidade, desafiando a noção de que a perfeição é o caminho para a felicidade. Para as mães, que frequentemente se veem pressionadas a atender padrões irreais de maternidade e perfeição, este livro pode oferecer um lembrete gentil de que a verdadeira força reside na aceitação de nossa humanidade compartilhada.

  1. "A Arte de Pedir" - Amanda Palmer



Amanda Palmer nos presenteia com uma obra tocante sobre a importância de pedir ajuda e aceitar o apoio dos outros. Para as mães, que muitas vezes se encontram em papéis de cuidadoras incansáveis, este livro pode ser uma inspiração para reconhecer e valorizar sua própria vulnerabilidade, cultivando relacionamentos autênticos e significativos em sua jornada.


  1. "Garota, Pare de Mentir pra Si Mesma!" - Rachel Hollis



Rachel Hollis compartilha histórias pessoais e insights motivacionais neste livro, desafiando as mulheres a abandonarem as desculpas e assumirem o controle de suas vidas. É uma leitura inspiradora para quem busca alcançar seus objetivos e viver com autenticidade.


  1. "Mulheres Que Correm Com os Lobos" - Clarissa Pinkola Estés



Este clássico da literatura feminina explora os arquétipos femininos através de histórias e mitos, oferecendo insights profundos sobre a psique feminina e o poder interior das mulheres. Pode ser uma leitura transformadora para quem busca se reconectar com sua essência feminina.


Esses livros abordam uma variedade de temas relacionados ao empoderamento feminino, autoestima e autenticidade, e podem ser úteis para mulheres que desejam fortalecer sua confiança, encontrar sua voz e viver de acordo com seus valores e aspirações.


Neste mês, celebremos não apenas a maternidade, mas também a resiliência, a coragem e a beleza do poder feminino. Que as mães sejam lembradas não apenas hoje, mas todos os dias, por sua infinita capacidade de amar, nutrir e inspirar. Que possam encontrar força nos desafios, alegria nas pequenas vitórias e amor incondicional em cada momento compartilhado com aqueles que chamam de seus.


Feliz Dia das Mães a todas as mães do mundo, com todo o meu amor e gratidão. Que suas luzes continuem a brilhar intensamente, iluminando o caminho para um futuro de igualdade, compaixão e empoderamento para todas as mulheres.



Créditos das imagens: Estante Virtual.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page